Eco.Pós - Programa de Pós-Graduação da Escola de Comunicação da UFRJ - O Curso
 
 
 
// CORPO DOCENTE
MÍDIA E MEDIAÇÕES SOCIOCULTURAIS
Danielle Ramos Brasiliense
Pós-Doutorado na França, Université de Versailles Saint-Quentin de Yvelines no Centre d"Histoire Culturelle des Société Contemporaines. Doutora e Mestre em Comunicação e Cultura. Graduação em Jornalismo. Professora do curso de Jornalismo e coordenadora do Laboratório de Mídia e Violência na Universidade Federal Fluminense. Autora dos livros: "A mídia, o perverso e o gosto da violência"; "Quando o filho mata o pai: as narrativas dos crimes de parricídio que abalaram o Brasil" e "A Chacina da Candelária e as memórias narrativas de O Globo". Pesquisas nas áreas de: mídia e cultura; sociabilidades; práticas socioculturais, identidades culturais; estigma; cultura da violência e ordem social; cultura do corpo; discurso e memória; psicanálise, violência e trauma; comunicação e questões de gênero.
PUBLICAÇÕES DISPONÍVEIS:
Livros:

- Quando o Filho Mata o Pai: as narrativas dos crimes de parricídio no Brasil:

- A Mídia, o perverso e o gosto da violência.
Artigos:
BRASILIENSE, D.; SEIXAS, L. . Sofrência em tempos de felicidade: musica sertaneja e os signos da contemporaneidade. COMUNICAÇÃO & INOVAÇÃO (ONLINE), v. 21, p. 44, 2020: link: https://seer.uscs.edu.br/index.php/revista_comunicacao_inovacao/article/view/6135
BRASILIENSE, D.; SACRAMENTO, I. ; SANCHES, J. . A Fábrica de Monstros: performances da masculinidade em entrevistas com Léo Stronda. REVISTA CONTRACAMPO, v. 39, p. 20, 2020. link: https://periodicos.uff.br/contracampo/article/view/38416
BRASILIENSE, D.; ANTONIO, V. . As representações do masculino nas páginas pornográficas do site Hotboys. LUMINA (JUIZ DE FORA), v. 3, p. 20, 2020.Link: https://periodicos.ufjf.br/index.php/lumina/article/view/26116 
BRASILIENSE, D.. Meus cabelos crespos: o fim do silêncio e o sofrimento idealizado pela vergonha. E-COMPÓS (BRASÍLIA), v. 2018, p. 1, 2018. Link: 1462-Texto do artigo-7231-2-10-20180830.pdf
BRASILIENSE, D.. O fait divers que não sai da moda: Suzane is the new black da prisão brasileira. LOGOS (UERJ. IMPRESSO), v. 25, p. 82, 2018 Link: https://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/logos/article/view/28716
 BRASILIENSE, D.; ANSEL, P. . Representações da masculinidade viril contemporânea no programa popular da Rádio Cidade FM: Hora dos Perdidos. RECIIS - Revista Eletrônica de Comunicação, Informação & Inovação em Saúde, v. 10, p. 20-40, 2016. Link: https://www.reciis.icict.fiocruz.br/index.php/reciis/article/view/1123
PROJETO DE PESQUISA:
Masculinidades na Encruzilhada: as novas possibilidades de gênero e suas produções midiáticas

Descrição:
O projeto de pesquisa procura se debruçar sob duas questões centrais que se apresentam como encruzilhada hoje no campo das questões do gênero: por um lado, o esforço discursivo conservador de propagar a manutenção da ordem binária, sob a ideia da única existência possível de gênero, o feminino e o masculino; e, por outro lado, os crescentes movimentos e estratégias de ressignificação das performances de gênero não binárias, especialmente dos universos transgénero e queer. Trata-se de buscar e acompanhar os registros sobre este esforço de permanência, quando se dá importância em trazer o passado conservador com a fantasia de manter o presente vivo e, ao mesmo tempo, criar mapas que representam uma aposta no devir, que pode ser percebida nas marcas narrativas sobre as novas possibilidades de gênero. Embora os dois lados pareçam distintos, ao se cruzarem, se chocam violentamente pelas suas demandas, ganham força de expressão e múltiplas representatividades. Este estudo terá os discursos atuais sobre o mito da masculinidade como parâmetro para pensar as novas condições de masculinidades. A ideia é perceber como esses discursos se atravessam.

 

CURRÍCULO LATTES
EMAIL:
dabrasiliense@gmail.com
Eco.Pós - Programa de Pós-Graduação da Escola de Comunicação da UFRJ - O Curso - Histórico
REVISTA ECO-PÓS
v.24, n.03 (2021)
Apropriações e ressignificações na arte e no pensamento
HORÁRIO DE ATENDIMENTO
De segunda a sexta-feira, das 11h às 15h.
Para maior agilidade de nossas respostas e processos, favor consultar este portal antes de fazer solicitações.
ENDEREÇO
Secretaria de Ensino de Pós-Graduação da Escola de
Comunicação da UFRJ.
Av. Pasteur nº 250 - fds, Urca, Rio de Janeiro.
CEP: 22290-240
TEL.: +55 (21) 3938-5075
UFRJ - Universidade Federal do Rio de Janeiro © 2014. Todos os direitos reservados