Eco.Pós - Programa de Pós-Graduação da Escola de Comunicação da UFRJ - O Curso
 
 
 
// CORPO DOCENTE
MÍDIA E MEDIAÇÕES SOCIOCULTURAIS
Raquel Paiva
Possui graduação em jornalismo pela Faculdade de Comunicação da Universidade Federal de Juiz de Fora (1981) , especialização em Taller de Post-Grado pelo Centro Internacional de Estudios Superiores de Comunicación Para América Latina (1985) e aperfeicoamento em Latin America Electronic Media Exchange Program pela ARIZONA STATE UNIVERSITY (1985). Mestrado em Comunicação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1991) , doutorado em Comunicação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1997), PDE pela Università degli Studi di Torino, Itália. Atualmente é Professora Emérita do Departamento de Expressões e Linguagens da Escola de Comunicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Comunicação, com ênfase em Teoria Crítica da Comunicação. Coordena o Laboratório de Estudos em Comunicação Comunitária.
PUBLICAÇÕES DISPONÍVEIS:
Livro publicado

1) SOARES, R. P. A. O Espirito Comum: Comunidade Midia e Globalismo. 1. ed. PETROPOLIS: VOZES, 1998. v. 1 MIL. 225p.

Capítulos de livros publicados

2) SOARES, R. P. A.; GUERRA, M. O. ; CUSTODIO, L. . Professional, social and regulatory characteristics of journalism in online and traditional media in Brazil. African Journalism Studies , v. 36, p. 8-32, 2015.Citações: 2

3) SOARES, R. P. A.; CABRAL, M. S. A. ; NORDENSTRENG, K. ; CUSTODIO, L. . Shifting paradigms of communication research. In: Daya Kishan Thussu; Kaarle Nordenstreng. (Org.). BRICS Media Reshaping the Global Communication Order?. 1ed.Inglaterra: Routledge – Taylor & Francis Group, 2020, v. 1, p. 000-000.

4) SOARES, R. P. A.; BOSCH, T. ; MALERBA, Joao Paulo Carrera . Community radio for the right to communicate:Brazil and South Africa. In: Svetlana Pasti, Jyotika Ramaprasad. (Org.). Contemporary BRICS Journalism. 1ed.New York: Routledge, 2018, v. 1, p. 196-210.

5) SOARES, R. P. A.; CABRAL, M. S. A. ; CUSTODIO, L. . Brazil: patrimonialism and Media Democratization. In:Kaarle Nordenstreng; Daya Kishan Thussu. (Org.).Mapping BRICS Media. 1ed.Finlândia: Taylor & Francis, 2015, v. 1, p. 109-

Artigos completos publicados em periódicos

6) PAIVA, RAQUEL. Communities of affect: A Freirean utopia?.International Communication Gazette , v. 1, p. 174804852094369-14, 2020.

7) PAIVA, RAQUEL. #MeToo, feminism and femicide in Brazil.Interactions: Studies in Communication & Culture, v. 10, p. 241-255, 2019.

8) SOARES, R. P. A.; GABBAY, M. M. ; GOUVEA, L. . Metrópoles brasileiras: a ação dos coletivos de comunicação contra a barbárie na retomada do espaço público. CONTRATEXTO - REVISTA DE LA FACULTAD DE COMUNICACIÓN DE LA UNIVERSIDAD DE LIMA, v. 1, p. 25-45, 2019.

9) CABRAL, M. S. A.; PAIVA, Raquel . Comunitarismo e sociedade incivil. REVISTA FAMECOS (IMPRESSO), v. 1, p. 1, 2019

10)_PAIVA,RAQUEL. Hegemonic media and inequality in Brazil. Global Media and China, v. 3, p.100-107, 2018

PROJETO DE PESQUISA:
Construção da Inteligência Sustentável no Espaço Urbano: comunicação, cidade e comunidade 

Descrição
A presente proposta pretende avançar na definição da área de comunicação da cidade como campo de estudo exclusivo. Isto porque, dentre as perspectivas projetadas na pesquisa apresentada em 2016, a inicial centrava-se na investigação das possibilidades de inserção da área da comunicação nas discussões e estudos atuais sobre a cidade. Naquele momento, pretendíamos que os estudos de comunicação deveriam ser parte importante das propostas de entendimento e de intervenção no espaço urbano. Entretanto, reconhecíamos a necessidade de primeiro perscrutar o lugar da comunicação, distanciando-se de estudos já consolidados e via de regra norteados pelo urbanismo e pela antropologia.
Durante o período de vigência da pesquisa, pudemos intercambiar estudos com alguns dos importantes centros e laboratórios afins à temática ono país e também realizado interfaces com centros internacionais, graças à rede já consolidada via estudos de jornalismo nos países do grupo BRICS (pesquisa realizada de 2011 a 2017, financiada pela Academia de Ciências da Finlândia). Essas investigações propiciaram o reconhecimento de que a área da comunicação tem produzido e pesquisado a realidade urbana dos grandes centros, na maioria, a partir das ferramentas consolidadas pelo urbanismo e pela antropologia. Algumas experiências consideram a perspectiva de uma investigação com viés psicológico e até sanitarista. Há também grupos de investigação consolidados a partir da arte e expressões culturais. Mais recentemente, podemos também registrar pesquisas sistemáticas em torno dos usos das novas tecnologias no espaço urbano.

 

CURRÍCULO LATTES
EMAIL:
paivaraquel@hotmail.com
Eco.Pós - Programa de Pós-Graduação da Escola de Comunicação da UFRJ - O Curso - Histórico
REVISTA ECO-PÓS
v.24, n.03 (2021)
Apropriações e ressignificações na arte e no pensamento
HORÁRIO DE ATENDIMENTO
De segunda a sexta-feira, das 11h às 15h.
Para maior agilidade de nossas respostas e processos, favor consultar este portal antes de fazer solicitações.
ENDEREÇO
Secretaria de Ensino de Pós-Graduação da Escola de
Comunicação da UFRJ.
Av. Pasteur nº 250 - fds, Urca, Rio de Janeiro.
CEP: 22290-240
TEL.: +55 (21) 3938-5075
UFRJ - Universidade Federal do Rio de Janeiro © 2014. Todos os direitos reservados