Eco.Pós - Programa de Pós-Graduação da Escola de Comunicação da UFRJ - O Curso
 
 
 
// CORPO DOCENTE
TECNOLOGIAS DA COMUNICAÇÃO E ESTÉTICAS
Giuseppe Mario Cocco
Possui graduação em Sciences Politiques - Université de Paris 8 (1984), graduação em Scienze Politiche - Università degli Studi di Padova (1981), mestrado em Science Technologie et Société - Conservatoire National des Arts et Métiers (1988), mestrado em História Social - Université de Paris I (Panthéon-Sorbonne) (1986) e doutorado em História Social - Université de Paris I (Panthéon-Sorbonne) (1993). Atualmente é professor titular da Universidade Federal do Rio de Janeiro, membro da Pós-Graduação da Escola de Comunicação e do Programa em Ciência de Informação (ECO-Ibict), Pesquisador 1C do CNPq, Cientista do Nosso Estado (Faperj), é editor das revistas Lugar comum e Multitudes (Paris). Tem como principal interesse de pesquisa as dimensões produtivas da comunicação e da informação no capitalismo contemporâneo (trabalho imaterial, capitalismo cognitivo, a metrópole como novo espaço de produção), atuando principalmente nos seguintes temas: trabalho, comunicação, globalização, cidade, fordismo e cidadania. É organizador de diversas coletâneas. É autor de livros como GlobAL: Biopoder e lutas em uma América Latina globalizada, com Antonio Negri (Record, 2005), Mundobraz: o devir-Brasil do mundo e o devir-mundo do Brasil (Record, 2009) e KORPOBRAZ: por uma política dos corpos (Mauad, 2014), New Neoliberalism and the Other: Biopower, Anthropophagy and Living Money, com Bruno Cava (Lexington, 2018), O Enigma do Disforme, com Bruno Cava (Mauad, 2018) Entre Cinismo e Fascismo, (Autografia, 2019); A Vida da Moeda, com Bruno Cava (Mauad, 2020).
PUBLICAÇÕES DISPONÍVEIS:
COCCO, Giuseppe, "Guerras Moleculares, Pandemías e Catástrofes", Lugar Comum, n. 57, abril de 2020
http://uninomade.net/wp-content/files_mf/1589546198--Guerras%20moleculares,%20pandemias%20e%20catástrofes.%20A%20genealogia%20do%20governo%20Bolsonaro%20-%20Giuseppe%20Cocco.pdf

COCCO, Giuseppe, "L"embrasement du Musée de Rio: une métaphore du Brésil", Multitudes, n.73, 2018.
https://www.cairn.info/revue-multitudes-2018-4-page-7.htm

COCCO, Giuseppe, Mundobraz: el devenir-Brasil del mundo y el devenir-Mundo de Brasil, Traficantes de Sueños, 2012
https://www.traficantes.net/libros/mundobraz

COCCO, Giuseppe, CAVA, Bruno, "Le Travail des Lignes", Multitudes, n. 70, 2018. 
https://www.multitudes.net/le-travail-des-lignes/

COCCO, Giuseppe, "Le Brésil, entre Démocratie Radicale et Tournant Autoritaire", Plateforme d"Enquêtes Militantes, 29 novembro 2018
http://www.platenqmil.com/blog/2018/11/29/le-bresil-entre-democratie-radicale-et-tournant-autoritaire

COCCO, Giuseppe. Territórios da Paz: territórios produtivos?Cadernos IHU Idéias (UNISINOS), v. 12, p. 3-36, 2014.

COCCO, Giuseppe. As Favelas: entre o balaio de gatos e o mito da marginalidadeArte & Ensaio (UFRJ), v. XX, p. 260-293, 2013.

COCCO, Giuseppe. A cidade policêntrica e o trabalho da multidãoLugar Comum (UFRJ), Rio de Janeiro, v. 1, n.9-10, p. 61-90, 2000.
PROJETO DE PESQUISA:
A metrópole: entre a pacificação e a mobilização

Descrição
A presente proposta visa repensar a lógica social nas metrópoles brasileiras, abaladas nesses últimos meses por intensas manifestações de protesto de ruas (junho de 2013). Tomando como realidade empírica a decodificação do sentido das políticas de pacificação das favelas no RJ, o grande desafio da proposta é o da definição de uma governança capaz de transformar os Territórios da Paz em Territórios Produtivos, em novas jazidas de trabalho cognitivo. Para isso, o projeto de pesquisa fundamenta as dimensões estratégicas em três partes: uma primeira diz respeito à discussão específica sobre o processo de "pacificação" das favelas do Rio de Janeiro; uma segunda propõe uma reflexão mais teórica sobre as ´jazidas´ de crescimento pró-pobres, entre capitalismo contemporâneo e milícias; e uma terceira parte propõe algumas linhas de políticas de mobilização produtiva das favelas pacificada. O projeto problematiza a presença das forças policiais nas áreas faveladas e questiona a natureza da atual política de pacificação.

 

CURRÍCULO LATTES
EMAIL:
beppo1977@gmail.com
Eco.Pós - Programa de Pós-Graduação da Escola de Comunicação da UFRJ - O Curso - Histórico
REVISTA ECO-PÓS
v.23, n.01 (2020)
A Música e suas Determinações Materiais
HORÁRIO DE ATENDIMENTO
De segunda a sexta-feira, das 11h às 15h.
Para maior agilidade de nossas respostas e processos, favor consultar este portal antes de fazer solicitações.
ENDEREÇO
Secretaria de Ensino de Pós-Graduação da Escola de
Comunicação da UFRJ.
Av. Pasteur nº 250 - fds, Urca, Rio de Janeiro.
CEP: 22290-240
TEL.: +55 (21) 3938-5075
UFRJ - Universidade Federal do Rio de Janeiro © 2014. Todos os direitos reservados